13 de dezembro de 2017

Quarta no Quarto 06 - Natal para casal sem dinheiro

Natal chegou e você e o mozão tão sem dinheiro? Vamos conversar sobre isso. Primeiro de tudo vamos lembrar que nunca é obrigatório aquela troca de presentes mega caros. Nunca foi e nunca será obrigatório dar um presente de R$1000 reais. Mas se vocês tem esse costume e sua situação financeira ficou instável converse com sua/seu parceiro e deixe as coisas claras. Não faça dívidas que não poderá arcar depois! Lembre-se do efeito de bola de neve.

Lembre-se que o principal foco da época natalina é aproveitar a companhia um do outro, curtir o momento juntos e aproveitar a paz proporcionada pelo feriado. Se você vai trabalhar no dia, converse e tentem combinar um dia e horário pra vocês fazerem algo, mesmo que não seja na data específica. O importante é o momento juntos!

Cozinhem algo juntos. Cozinhar com mozão é sempre algo incrível, um momento pra descontrair e ainda trocarem ideias e experiências. Vale aquele carinho também, mas nada de deixar esquentar demais e esquecer a comida no fogo! Segurança em primeiro lugar na cozinha. Ninguém quer passar o natal no hospital, né?

Se você quiser dar algum presente e tá sem grana, existe várias opções baratas que você pode fazer ou encomendar. A internet tá cheia delas. Vou deixar algumas sugestões aqui.

Comprei um vidrinho e coloque alguns doces favoritos do mozão. Decore com fitinha de presente e pronto!

Árvore comestível super fácil de fazer! Jujuba é baratinha e vocês ainda vão poder comer juntos.

Uma caneca com um personagem favorito do seu mozão e com docinhos dentro!

Você pode pegar o biscoito favorito e colocar num potinho, comprar uma xícara branca e você mesmo fazer uma decoração! Escreva algo fofinho, coloque laços, faça algo abstrato.

Isso é um pote de margarina! É só limpar direitinho e decorar. Dentro você pode colocar doces.

Canecas, xícaras, cestos, pelúcia fofinha, cartões, vale presentes, vale massagens, tudo isso é lindo, mas lembrem-se que o amor de você e estarem juntos vale bem mais!

12 de dezembro de 2017

Absorvente nunca mais!

Quero já ir avisando que a imagem que abriu essa postagem não é meramente ilustrativa! Eu quero ver uma mulher que nunca se incomodou com os tais "aqueles dias". A menstruação é algo que complica a vida da mulher em alguns aspectos. Sejam doenças que aumentam a dor e o sangramento ou até mesmo pelo incomodo de usar absorvente! Esses tempos estão acabando, pelo menos os de se incomodar com a "fralda" entre as pernas. Caso não saibam eu aboli o absorvente dá minha vida há meses! Contei um pouco sobre isso nesse vídeo aqui:
Se ficarem com alguma dúvida sobre o coletor é só me perguntar! Mas hoje eu não vim falar dele e sim de uma criação de três amigas novaiorquinas: Miki, Radha e Antonia. Depois de ter sido pega de surpresa quando chegou o bendito dia, elas começaram a pesquisar sobre calcinhas que realmente segurassem o fluxo. Não achando nada do tipo no mercado elas pensaram: Uéééé, por que não? Foram árduos 3 anos de trabalho e pesquisa de tecnologia e materiais e afins para que a Thinx fosse lançada.

Elas explicam que a calcinha funciona de forma bem simples, são 4 camadas. Uma deixa a pele sequinha, outra mata os germes e bactérias, outra retem o líquido e a última impede o vazamento para a roupa. Já foram criados alguns modelos diferentes e o maior consegue reter até 5 colheres de chá. Dá mais ou menos a quantidade que te faria usar 2 absorventes internos. Elas recomendam que cada uma adapte o uso da calcinha a sua realidade. Até porque cada mulher tem o fluxo diferente da outra! Elas recomendam que usem um coletor menstrual ou absorvente interno, que a calcinha dá conta dos vazamentos que nos surpreendem de vez em quando.

Por enquanto a calcinha é vendida no site da própria marca e no site tem alguns vídeos bem bacanas e explica também sobre o funcionamento dos modelos! Todo em inglês. Ahhhhh a loja entrega aqui no Brasil! Eu fiquei um tanto quanto curiosa pra testar. E vocês?

11 de dezembro de 2017

Filme de Segunda 05 - Hipersomnia


Esse filme surgiu na tela inicial da minha Netflix e depois de uma pesquisa (assistir ao trailer e conferir a sinopse) eu resolvi assistir. Não nego que fui um pouco desconfiada, pois não conhecia muitos filmes de terror argentinos, mas a curiosidade falou mais alto! Qual não foi a minha surpresa quando descobri que o filme era legal?
Milena é uma jovem atriz que tem a intenção de ficar com o papel principal em uma peça teatral a todo custo. A sua felicidade contrasta com a atitude de seu namorado, um pouco ciumento e preocupado. No início, tudo vai bem, mas quando Milena começa a trabalhar na obra, algo estranho começa a acontecer, pois sem perceber, cada vez que lê uma cena específica, ela parece ser transportada para uma casa onde está presa com outras meninas. A peça lida com a questão da prostituição e Milena atribui esta situação ao estresse e ao problema que aborda.
Ficha Técnica:
Título Original: Hypersomnia
Título no Brasil: Hipersomnia
Ano: 2016
Direção: Gabriel Grieco
Duração: 1h30min
Indicação: 18 Anos
Nacionalidade: AR
Gênero: Thriller/Terror
Nota: 7 Limões
Tem na Netflix: SIM
 

Pra começar eu não gosto muito de personagem ciumentos e um tanto quanto possessivos, já antipatizei logo de cara com o namorado da Milena. A atuação deixou um pouco a desejar, mas a história vai te levando de cena em cena, te deixando cada vez mais curiosa pra saber o que estava acontecendo e o que ia acontecer! Outros personagens odiáveis aparecem, todo um outro mundo aparece, na verdade. A Milena tem a sua vida, onde é a atriz e as vezes é transportada para um outro local onde ela é prisioneira numa casa de prostituição bemmmm suspeita!

Claro que a Milena e seu namorado acabam atribuindo a culpa desses "sonhos" a peça de teatro que ela está participando onde contem cenas de prostituição e temas sexuais. Atenção: se cenas de estupro e com teor sexual são um gatilho para você, não assista esse filme ou se quiser muito, o faça com consciência do teor do filme, em um local seguro e bem acompanhado!
A Milena então começa a se ater a detalhes do outro mundo e começa a ficar cada vez mais confusa enquanto investiga tudo aquilo para descobrir o que estava acontecendo com ela! A curiosidade aumenta e quando você acha que tá entendendo tudo, vem o plot twist e você fica de cara com a situação. Te garanto que parece confuso, mas é um bom filme pra passar um tempo legal!


31 de outubro de 2017

Sedução Sexy Fashion traz 7 pecados capitais para Sexy Fair





Desfile a diversidade em pauta

Dia 03 de novembro, às 21h, a Sexy Fair irá receber em sua passarela um desfile show da nova coleção de lingerie luxo da Sedução Sexy Fashion, grife badalada de Duque de Caxias.

7 Pecados Capitais tem mais de 20 modelos entre camisolas, bodies, corpetes, conjuntos e baby doll. Para vesti-los, Francilene Perez, estilista que comanda a marca, chamou um casting diferente do padrão que costumamos ver no mundo da moda: vão desfilar lado a lado, vestindo as mesmas peças, mas com tamanhos diferentes, mulheres magras, gordas e de terceira idade.

“Quero mostrar que o desejo está no nosso imaginário como um jogo intricado entre o profano e o sagrado. Profano, porque na ousadia de desejar, você atravessa o limite da normalidade, infringe regras para conquistar seu objeto de desejo. Sagrado, porque ao conquista-lo você sente seu poder divino que cada um temos dentro de nós”, revela Francilene.


Moda Inclusiva


Fazendo moda íntima por toda sua vida, Francilene Perez sempre desenvolveu o que atualmente se chama “moda inclusiva”.

O sucesso da Sedução Sexy Fashion é justamente esse: lá pode-se achar lingerie para todo tipo de corpo feminino. “É mais comum do que se imagina, nem toda mulher tem corpo de modelo, algumas tem o tórax mais largo, porém com seios pequenos. Um sutiã com bojo pequeno, mas que seja largo é o que ela procura. Outras tem o quadril mais largo do que os ombros, precisam de peças com dois tamanhos, um embaixo e outro para a parte de cima. Já outras, tem seios fartos e quadris estreitos e o que funciona é o inverso. Isso não desmerece ninguém, o que precisamos ver é que a moda precisa ser feita para todas, valorizando o que cada uma tem de mais bonito. Encontrar uma modelagem que seja confortável para todas e que responda a necessidade de cada uma é um desafio que me agrada, é atrás dessas soluções que corro sempre que penso uma nova coleção” diz a estilista.

Em abril desse ano, Francilene Perez realizou o próprio concurso mais voltado para a sensualidade, a convite do organizador da Sexy Fair, o Deusa Plus Size. Inédito e muito divulgado pela mídia em toda a América Latina e Espanha, o evento revelou o lado sexy da mulher Plus Size, com a participação de 30 mulheres que dançaram e desfilaram com look de duas peças.


Conheça a Sedução Sexy Fashion

A Sedução Sexy Fashion há 22 anos vem atuando nos segmentos de fabricação e venda no atacado de lingerie, moda praia, moda fitness e produtos para sex shop, atendendo a lojistas, revendedoras autônomas e exportação.

Aliando qualidade às últimas tendências da moda sempre dá ênfase em acabamentos manuais, agregando assim originalidade e bom gosto de seus produtos.

A confecção de peças obedece a rigorosos padrões de qualidade, utilizando a matéria prima dos melhores fabricantes nacionais de tecidos e aviamentos, contando com profissionais especializadas e maquinário eletrônico de última geração.

A Sedução Sexy Fashion também estará com um stand na Sexy Fair com produtos sensuais, fantasias e lingeries para vendas no atacado e varejo.

Loja 1: Calçadão José de Alvarenga, nº 394 Sobreloja 4,6 e 9 Galeria Baltazar (21) 27727498 - Centro - Duque de Caxias - RJ

Loja 2: Rua Genaro Lomba, 199 lj 09 (em frente à Galeria das Marcas) - RJ Tel: (21) 26712378 - Centro - Duque de Caxias - RJ

16 de outubro de 2017

Filme de Segunda 04 - Jogo Perigoso


Que surpresa a minha quando na página inicial da Netflix me aparece um filme que eu estava mega ansiosa pra assistir! Mas vamos começar de vagar! Primeiro vou falar sobre o livro que inspirou o filme. Passeando pela bienal, eis que encontro um livro do Stephen King em promoção. Eu não conhecia o livro, mas era do Stephen. Não esperava nada menos que "ótimo" dele. Então arrisquei e comprei. Demorei muito pra começar a ler pelo simples fato de saber que era do Stephen, mas ter ficado um pouco desconfiada pela sinopse:
Jessie e Gerald estão tendo problemas no relacionamento. Na tentativa de dar nova vida a seu casamento, viajam para uma região isolada no Maine. Mas um jogo de sexo acaba se transformando em prelúdio para uma noite de horror. Durante o jogo, Jessie é acorrentada à cama, e, subitamente, Gerald morre diante de seus olhos. Está presa e logo percebe que não há chance de alguém ouvir seus gritos. É nesse momento que, impotente e acompanhada apenas do cadáver do marido, vê todos os seus maiores medos ressurgirem para torturá-la. 'Jogo perigoso', de Stephen King, revela o estilo eletrizante que consagrou este mestre do terror moderno, e faz o leitor mergulhar numa trama fascinante e diabólica.
Logo pensei "Minha nossa, o livro vai ser todo dentro do quarto, vai ficar entediante..." E esse pensamento me fez ir protelando a leitura. Até que eu comecei e não consegui largar o livro até terminar! O problema é que eu comecei a ler no ônibus pro trabalho, então só tive livre a hora do almoço e a volta pra casa. Quase enlouqueci e fiquei totalmente presa no enredo! Os detalhes ricos me faziam quase que ouvir os apelos de Jessie! Achei a história impressionante, com detalhes incríveis e um final digno do Stephen. Assim que eu terminei logo pensei "poxa, um filme disso seria legal" e a Netflix coisa mais linda da minha vida, realizou esse sonho!


Jessie (Carla Gugino) e Gerald (Bruce Greenwood) formam um casal em crise. Para salvar o casamento, eles decidem viajar a uma casa isolada, na intenção de passar um fim de semana romântico. O marido leva algemas e decide prender a esposa a cama. Ela hesita a participar do jogo erótico, mas aceita. No entanto, uma vez presa, o marido sofre um ataque cardíaco e morre. Presa à cama, sem ter a quem pedir socorro, Jessie luta pela sobrevivência enquanto se recorda de traumas na infância.
Ficha Técnica:
Título Original: Gerald's Game
Título no Brasil: Jogo Perigoso
Direção: Mike Flanagan
Duração: 1h43min
Indicação: 18 Anos
Nacionalidade: EUA
Gênero: Drama/Suspense
Nota: 10 Limões
Tem na Netflix: SIM


 O filme já começou a me ganhar no elenco. Com a linda Carla Gugino (Pequenos Epiões e Watchmen) no papel de Jessie e o incrível Bruce Greenwood (Star Trek e Eu, Robô) interpretando o Gerald. Tem mais uma pessoa escalada no elenco que eu AMEI, mas não posso dar spoiler. Mas fica a dica, aparece em meio as sombras! Pelo trailer, se você leu o livro, consegue identificar muita coisa que o Stephen escreveu. Vários trechos dos traumas de infância da Jessie e acontecimentos durante o tempo em que ela está presa aparecem em detalhes e só no trailer! Daí você consegue ter uma boa ideia do que vem pela frente.

Foram arrepios do começo ao fim e eu indico MUITO que vocês assistam essa produção incrível da Netflix!