9 de março de 2011

Para alguém...


Tremor, Poeira, Vento.
Tempestade, Chuva, Frio.
Terra, Brisa, Calmaria.
Palavras, Sorrisos, Calmaria.
Sorrisos, Brisa, Palavras.
Palavras, Sorrisos, Brisa.

Para a suave brisa que invadiu os labirintos infinitos da minha alma,
Para a suave brisa que acalmou a tempestade,
Para a suave brisa que trouxe de volta o doce repicar dos sorrisos.
Por que eu sei que a suave brisa vinha de tuas asas.

Malka Lima - 21h09 - 09/03/2011

~~~

Fico impressionada como encontro amigos sinceros onde eu menos esperava e como não me importo de parecer um livro aberto para eles. Assim como também não me importo de abraça-los e deixar que me levem para fora da tempestade, mesmo que não saibam que eu estava perdida.

2 comentários:

  1. Olá
    Então, acho que você é uma pessoa super sortuda de encontrar pessoas assim, amigos sinceros.
    Eu tô aqui a procura de um pra me escutar, foi até disso que falei no meu blog, rs'
    Sempre visitei seu blog, te conheci atavés da cy, mas só agora que reativei o meu blog que vim aqui comentar, enfim. Gosto do que você escrevi ^^'

    x.o.x.o'

    ResponderExcluir
  2. eu gosto de como vc é um livro aberto e sinceridade é a tua palavra de ordem! menina a gente tem que marcar pra conversar .. dias como aqueles do congresso fazem muito falta ... encontrei em vc e em laylla amigas que eu não tenho na faculdade e sinceridade que eu não encontro nas pessoas !


    xeiro pra tu e vê se visita o meu mundinho...

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário! Não esquece de se identificar... Fico curiosa com anônimos! ;)