4 de agosto de 2011

Em meus lábios


Em meus lábios o cigarro...
Dele a fumaça escapa e com ela deixo meus pensamentos se dissiparem.
Em meus lábios o vinho...
Pela garganta desce adocicado, até revelar suas notas amargas, já no fim do seu sabor.
Em meus lábios o batom...
De tom rubro mancha o mundo, marca a pele, a alma e a dor do momento.
Em meus lábios teu sabor..
O qual nem a fumaça, nem o vinho, nem o batom me faz esquecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e pelo comentário! Não esquece de se identificar... Fico curiosa com anônimos! ;)