17 de novembro de 2014

O poder de três



Depois de um tempo, você sente que talvez esteja bem, que os cacos estão devidamente colados e que pode saltar outra vez desse penhasco e novamente, rezar para voar. É nesse momento em que você começa a encontrar pelo caminho algumas tríplices que podem por tudo a perder ou tornar tudo perfeito.

“E se...” 

Essas três letras exercem um poder enorme sobre suas decisões. É aquele sopro ao pé do ouvido sempre dizendo “e se você fizer isso?”, “e se não fizer?” e de tanto ficar se perguntando, você acaba não fazendo nada e perdendo boas oportunidades. E tomada por um impulso, você para de pensar "no que acontecerá" e faz acontecer.

“Nós”

Depois de vencer as primeiras barreiras, você consegue seguir em frente e então começam a surgir essas outras três letras. Elas são responsáveis por transformar a solidão em plural e os desejos em planos. São elas que te fazem passar horas acordada e perdida em pensamentos. Chega a um ponto em que você não sabe mais o que é pensamento, sonho e imaginação.

“Eu te amo”

Quando estas três palavras são proferidas, é o fim. Não tem mais volta e você apenas deixa que o som ecoe por sua mente em loopings infinitos enquanto seus lábios se contraem em um sorriso bobo que irá permanecer ali enquanto as palavras forem verdadeiras. E que assim continue...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e pelo comentário! Não esquece de se identificar... Fico curiosa com anônimos! ;)