4 de novembro de 2016

Minhas marcas...


Oi... Sim, eu tenho marcas e ao passar sutilmente o dedo por minha pele você conseguirá senti-las. Tenho marcas suaves outras nem tanto. Possuo cicatrizes e marcas e me orgulho de cada uma delas. De cada cicatriz, intencional ou não, de cada espinha espremida, de cada tombo que tomei, de cada estria e de cada celulite.

Possuo marcas que me lembram das lutas que travei e perdi e também das que venci. Elas sempre estarão lá como um lembrete de que posso ser forte apesar dos problemas, de que consigo lutar, apesar do oponente e de que consigo vencer meus monstros. Mesmo que as vezes eu seja um deles. O seu pior inimigo é você mesmo e eu lembrarei disso cada vez que olhar para minhas marcas.

Durante muito tempo tive vergonha delas, hoje as exibo com total liberdade. Dizem que a coragem não é a ausência do medo e sim encarar tudo apesar de sentir medo. Se as coisas estiverem difíceis, lembre-se de que você pode vencer todo e qualquer problema. De que você é capaz de encarar o mundo e matar um leão por dia. Sinto muito em te informar, mas os leões nunca terão fim e os problemas sempre vão surgir, mas cada dia será uma vitória com um sabor diferente.

Acredite-se.


Um comentário:

  1. Nossas marcas são como medalhas no peito de um soldado....

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário! Não esquece de se identificar... Fico curiosa com anônimos! ;)