2 de novembro de 2016

Quarta no quarto 01 - Respeito


Um título sugestivo, uma imagem sugestiva e SIM! Nas quartas nós vamos falar sobre sexo! Muito sexo. Sexo quente, sexo na cama, sexo na sala, sexo frio, sexo do dia, dia do sexo, hora do sexo e tudo sobre sexo e sexualidade! Já ficou interessado? Hummmm... Então vamos começar. O tema de hoje vai ser: respeito! O que respeito tem a ver com sexo? Tudo!

Para o sexo ser bom e prazeroso para ambos é preciso que os dois estejam de acordo com o proposto. Parece algo óbvio, mas pouca gente entende! É necessário que exista o respeito, tanto do limite do parceiro quanto dos seus gostos e preferências. Numa relação não deve existir segredos quanto a isso! No sexo você pode e deve se libertar. Se tem intimidade com o par, sente e converse. Diga do que gosta e como gosta! Isso não é vergonha alguma e vai tornar o momento ainda mais gostoso. Se na hora H ele/ela está indo por um caminho que você não gosta, seja gentil e diga que não gosta. Não se esconda nem faça algo que não gosta apenas para agradar! Só faça aquilo que você deseja. Se um dia quiser experimentar coisas novas e deseja que o par embarque na aventura, repito: converse!

Respeite a orientação (valeu a correção, Bruno!) sexual do coleguinha. Sabe aquela coisa de que as vezes o óbvio precisa ser dito? Pois isso se encaixa muito bem neste ponto. Não é por que o coleguinha é gay que você vai virar andando com ele. Não é por que a coleguinha está namorando outra coleguinha que você vai virar lésbica. Entendam que: não é por que a pessoa gosta do mesmo sexo que ela dá em cima de todos(as) amigos(as). E só pra lembrar, bissexuais existem! E adivinha só: eles são fiéis em suas relações. Não vamos esquecer do pansexual... Só pra constar: eles não dão em cima de tudo que se move! E os assexuais? Sim! Existem pessoas que não se interessam por sexo. Seja qual for a opção do coleguinha é uma opção dele e tudo o que você pode e DEVE fazer é respeitar!

Entendam que um não significa não. Não existe esse papo de que "um não é um talvez" ou "se insistir ele/ela vai topar". Se receber um não: RESPEITE. Independente de ser na balada, na cama ou qualquer outra situação. Não é não. Não force a barra, não seja idiota, não seja babaca. É simples. Respeite a decisão e o momento do par! Se causou algo que o par não gostou e acabou criando um clima estranho ao invés de deixar pra lá, chame-o e converse! Se tem intimidade com a pessoa, questione o por que, entenda os motivos e respeite. Se recebeu um não na balada simplesmente respeite o espaço do outro, manda aquele "ok, valeu, desculpa" e segue o rumo!

Por hoje é só! O post de hoje foi bem genérico, mas se vocês quiserem debater um assunto específico, manda as ordens! É só comentar ou entrar em contato pelas minhas redes sociais! Até amanhã! s2


8 comentários:

  1. Adorei sua visao sobre o tema respeito. Show de bola!

    ResponderExcluir
  2. Mana, amei o texto porém tenho uma ressalva. A gente não diz mais opção sexual, afinal ninguém escolhe por quem se atrai, é melhor condição ou orientação sexual ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre tenho dúvida de como falar! @_@
      Obrigada! s2 vou alterar no texto!

      Excluir
  3. Menina que textão lindão ❤️ Amei de coração ❤️

    ResponderExcluir
  4. A parte de dizer q ñ se interessa por sexo é uma coisa realmente atípica mas acontece e tem q respeitar ...

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário! Não esquece de se identificar... Fico curiosa com anônimos! ;)