28 de abril de 2017

Uma carta para ele


Oi, só vim dizer que me apaixonei pelos seus sorrisos.
Sim, no plural.
Eu me apaixonei por todos eles.

Me apaixonei por aquele que você dá quando acha algo engraçado e vem junto com uma risada que na primeira vez me fez erguer as sobrancelhas e hoje fico feliz em conseguir te arrancar algumas com minhas bobagens.

Aquele seu sorriso sapeca me deixa curiosa. Eu sei que você vai aprontar algo que vai trazer junto várias risadas, minhas e suas.

Seu sorriso antes, durante e depois de uma boa refeição me deixa satisfeita. Seja depois de algo enorme e complicado que eu fiz ou só depois daquela coxinha no botequim da esquina. Poder compartilhar ambos os momentos com você também me faz sorrir e eu sei que as pontadas no peito depois de tanto bacon são apenas por essa alegria.

Um sorriso cheio de preguiça pela manhã alegra meu dia. Acordar e te ver, ter a expectativa de um dia cheio de coisa pra fazer ou cheio de vários nadas com certeza me faz ter uma ideia de que o dia vai valer a pena.

Seu sorriso quando chega e me vê, me derruba toda. Me faz acreditar em algo que tenho medo de pronunciar e até mesmo acreditar que existe.

Como pode tantos sorrisos lindos ainda possuírem tanto peso no olhar?
Me pergunto o dia em que poderei acreditar que realmente sou a causa de todos esses sorrisos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e pelo comentário! Não esquece de se identificar... Fico curiosa com anônimos! ;)