10 de agosto de 2017

Música de Quinta 06 - Não é o que parece

Você tá ali, de boinha na lagoa, escuta uma música e pensa "ah que linda", mas nem imagina que na verdade, a música nem é tão linda assim. Isso é muito comum de acontecer (principalmente com músicas internacionais) e olha que também acontece com algumas nacionais. Pra ajudar a acabar com a visão romântica de músicas que não são, eu preparei uma listinha!

Começamos com um sucesso inegável. Não é a minha favorita da Diva, mas tá no meu top. Eu ouvia e achava a coisa mais linda do mundo, ela dizendo que o amará pra sempre e sempre e que eles vão ficar juntos para sempre e sempre... Uma música digna de amor eterno, não é? Não mesmo! Logo no começo ela diz "Se eu ficasse eu só estaria no seu caminho. Então eu Vou embora, mas eu sei que pensarei em você em cada passo do caminho" ou seja, é uma música de adeus.

Então vocês dizem "isso acontece porque é música internacional". Mentira. A música Flor de Lis do Djavan é uma das maiores provas do equivoco musical! Cansei de ver as pessoas cantando essa música super felizes e animadas nos churrascos de domingo.Saibam que ele fez essa música depois que a sua esposa perdeu o bebê que estava para nascer. Atentem ao trecho "E o meu jardim da vida ressecou, morreu. Do pé que brotou Maria nem margarida nasceu.".

 Uma música animadinha e um belo pedido de casamento! Assim que essa música foi lançada a internet foi saturada com vídeos de pedidos de casamento que a tiveram como tema. Flash mobs, carros em movimento, uma ideia mais criativa que a outra. Mas é um pedido de casamento! Como pode não ser perfeito? Simples, atentem ao trecho: "I think I wanna marry you. Is it the look in your eyes or is it this dancing juice?" Traduzindo: "Eu acho que quero me casar com você. É esse seu olhar ou é essa bebida?" Essa música é perfeita pros casamentos impensados de Las Vegas!

Uma das minhas bandas favoritas não ficou fora dessa lista! Mutia gente escuta essa música e acha que é uma história de amor adolescente, que eles estavam lá no quarto e ela foi super fofa e eles são fofos e ah meodeos quanto romantismo! Mas não é bem assim. Notem o trecho: "And when I awoke I was alone. This bird has flown". Traduzindo: "E quando acordei eu estava sozinho. O pássaro havia voado." Ela foi embora e largou ele sozinho!

Uma extra dos meus amores e extremamente importante. As pessoas costumam levar essa música no sentido literal. Um pássaro preto, machucado que consegue se recuperar e voar novamente. A realidade é que ela foi inspirada numa garota afro-americana que na época lutava contra as leis racistas de Jim Crow que privavam os negros da liberdade e de direitos civis básicos, mas em 1964 tudo foi revogado e ela pode voar livre.

Eu já perdi a conta de quantas músicas lindas e super românticas foram na verdade escritas para a droga. Essa não foge da regra! Quando ele canta "There she goes, There she goes again, Racing thru' my brain, And I just can't contain this feelin' that remains..." Traduzindo: "Lá vai ela, lá vai ela outra vez, correndo pelo meu cérebro e eu simplesmente não posso conter esse sentimento que perdura..." ele não está se referindo a uma paixão avassaladora e sim a heroína.

Por hoje é só!
Fica a dica: procurem sempre ver a tradução das músicas e realmente prestar atenção no que estão dizendo ou você vai acabar colocando uma música de despedida no seu casamento!


Siga-me: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e pelo comentário! Não esquece de se identificar... Fico curiosa com anônimos! ;)