[ RESENHA ] A Menina que Roubava Livros


Hoje é dia do leitor e dia de filme aqui no blog. Então nada melhor do que falar sobre um filme, que veio de um livro, sobre uma menina que roubava livros! O livro do Markus Zusak foi um sucesso no seu lançamento em 2007 e só em 2014 foi transportado para as telonas.

Um dos meus livros e filmes favoritos a narradora um tanto mórbida e surpreendente, A Morte, nos transporta para a sombria época da segunda guerra mundial. Depois e escapar por um triz da narradora, Liesel Meminger ganha a atenção da Morte que acompanha sua vida de 1939 até 1943.

Liesel e seu irmão mais novo são enviados pra uma cidadezinha alemã afastada dos lugares mais devastados pela guerra. O pobre irmão morre ainda durante a viagem e é o livro surrupiado do coveiro que se torna seu primeiro crime. A pequena filha de mãe comunista é acolhida de forma rígida por parte da mãe adotiva e bem amorosa pelo seu novo pai que a ensina a ler.

A leitura se torna uma fuga para ela, uma forma de transportá-la pra longe da solidão e do sofrimento da guerra. No cainho faz novos amigos, cresce, aprende o que é o amor e o perigo quando junto com os pais escondem um judeu no porão.

Apesar da história ser bem pesada e em alguns pontos BEM TRISTE, a Morte consegue dar certo tom cômico e em alguns momentos de alívio. Todo esse lado sombrio foi transportado para o filme com maestria! A fotografia, cenários e figurinos impecáveis nos jogam pra época dominada pelo Führer.

Obviamente deixo aqui minha crítica entre a diferença do final do livro e do final do filme. Apenas um fricote pessoal, visto que em nada prejudica a narrativa em si! Se quiser um olhar diferente sobre a segunda guerra mundial, com toda certeza recomendo esse livro e o filme.

Nenhum comentário

Obrigada pela visita e pelo comentário! Não esquece de se identificar... Fico curiosa com anônimos! ;)