Jantar Sensorial


Vocês sabem o que é um jantar sensorial? Também conhecido como Blind Dinner um jantar sensorial é literalmente: jantar cego. Acha uma loucura? Recentemente tive o prazer de participar dessa experiência a convite da Anahata Cura Holística lá na Cantina Vegetariana e vou contar um pouco pra vocês como foi.

A primeira coisa que vocês precisam saber é que não precisa ter medo! É tudo novo e surpreendente, mas não vão colocar coisas estranhas na sua frente e nem coisas que você não gosta de comer ou tem alergia. Os pratos que eu comi, por exemplo, todos foram dentro das minhas possibilidades e sem risco a minha saúde (já que tenho alergia a um monte de tempero).

Logo no começo você vai ter um cadastro ou uma ficha onde coloca tudo o que tem alergia (tudo mesmo) e as coisas que você não come de jeito nenhum. Existem diversos tipos de jantares sensoriais. Alguns são um jantar completo, outros são vegetarianos ou veganos. O que eu fui era vegano e olha... Foi uma grata surpresa! Quem quiser entender um pouco a ideia pode conferir no filme Além do Tempo!

Além de toda a experiência do jantar (que incluiu entrada, sopa, prato principal e sobremesa), no início temos toda uma questão de limpeza de energia, meditações e algumas experiências para aguçar os nossos sentidos. Tudo de olhos vendados! Pra já ir acostumando!

As pessoas do jantar podem ou não se conhecer, vai depender muito do estilo do jantar oferecido. No caso desse ia muito além de apenas se surpreender com a comida, era uma experiência pra valorizar o momento e a magnitude da refeição feita com tanto carinho e atenção para nós, bem como a valorização das sensações.

Foi tudo um misto de nostalgia e sensações novas, várias lembranças da infância quando minha mãe fazia os bolinhos de feijão e comíamos com as mãos, sentindo a comida de verdade e se surpreender com as texturas e gostos inesperados! Foi algo sensacional e eu espero poder repetir a dose em breve!

Foram pratos deliciosos e todos veganos! Sim, tudo vegano e delicioso. Acreditem quando digo que essa foi a maior surpresa que tive. Não escondo nem nego que eu realmente adoro comer carne, mas sempre estou aberta a conhecer novas culinárias e desde a oficina que fiz recentemente, tenho aberto meu paladar pra comidas vegetarianas e veganas.

Começamos com uma entrada, torradinhas com coberturas sensacionais. Sabores e texturas incríveis, passamos pra um caldo maravilhoso tanto de tempero quanto textura, um probiótico saborizado pra dar aquela instigada pro prato principal. Este vejo cheio de sabores e texturas incríveis, charutos, batata com um molho delicioso e saladinha fresca. Pra completar tivemos uma sobremesa com fruta caramelizada e juro que não consegui identificar as oleaginosas caramelizadas.

Essa foi a parte mais interessante. A cada mordida era algo novo e diferente. Ficava tentando descobrir o que estava comendo, os molhos e texturas explodiam na boca. Coisas que já tinha sentido o gosto ganharam uma conotação totalmente nova com as sensações aguçadas como estavam! Lembrando que esse jantar que eu participei tinha essa proposta vegana e nem sempre todos são assim e eu nunca tinha visto um em Recife!

E sim, comíamos com as mãos, mas são devidamente higienizadas anteriormente. Realmente sentindo a comida e também quem quer um garfo indo na direção do seu rosto ou uma faca nas mãos de alguém vendado?

Deixo aqui o agradecimento a Grazi, do Anahata Cura Holística, pelo convite, o pessoal da Cantina Vegetariana e todo o pessoal de apoio que estava lá! Muitos outros virão (tenho fé) e deixo aqui os links do Instagram deles pra vocês irem lá conferir e ficarem ligados nos eventos:

Anahata Cura Holística
Cantina Vegetariana

Fotos:

Meditação
Momento da Sopinha


Entrada
Entrada
Prato Principal

Eu comendo a sobremesa

Eu comendo a entrada

Eu comendo o prato principal

Percebam que dividi e organizei as coisas no prato como boa virginana que sou!






Nenhum comentário

Obrigada pela visita e pelo comentário! Não esquece de se identificar... Fico curiosa com anônimos! ;)